Técnica de incidente crítico – pesquisa de uso da informação externa para tomada de decisão executiva.

Cayley, Guimarães Técnica de incidente crítico – pesquisa de uso da informação externa para tomada de decisão executiva., 2007 . In II SEMINÁRIO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO - UEL, Londrina, 2007. [Conference paper]

[img] PDF
TÉCNICA_DE_INCIDENTE_CRÍTICO_–_PESQUISA_DE_USO_DA_INFORMAÇÃO.pdf

Download (117kB)

English abstract

Information Science studies the general properties, origins and effects of information. To do so, it uses theories and methodologies. The Critical Incident Technique is adequate for use of information studies and users. This research shows the use of such technique, adapted to a theoretical framework of Environmental Scanning, to observe the use of external information in an executive decision-making process. It was found that the Technological sector was the most monitored; the most played managerial role was that of the Entrepreneur; and information was used for new products and businesses.

Portuguese abstract

A Ciência da Informação estuda as propriedades gerais, natureza, gênese e efeitos da informação. Para tal, vale-se de teorias e metodologias. A Técnica de Incidente Crítico adequa-se a estudos de usos e usuários. Este trabalho mostra o uso da técnica, adaptada a um referencial teórico de Monitoração ambiental, em estudo de uso da informação externa para tomada de decisão executiva. Descobriu-se que, no setor de Informática de Belo Horizonte, o setor tecnológico é o mais monitorado; o papel gerencial predominante é o de Empreendedor; e o uso da informação foi para novos produtos e novos negócios.

Item type: Conference paper
Keywords: Ciência da Informação; Monitoração Ambiental; Incidente Crítico.
Subjects: C. Users, literacy and reading. > CB. User studies.
Depositing user: CIN UEL null
Date deposited: 14 Dec 2010
Last modified: 02 Oct 2014 12:14
URI: http://hdl.handle.net/10760/13258

References

AGUILAR, F. J. Scanning the business environment. New York, NY: Macmillan, 1967.

ARIBONI, S.; PERITO,R. Guia Prático para um projeto de pesquisa : exploratória, experimental, descritiva). São Paulo: UNIMARCO, 2003.

AUSTER, E., CHOO, C.W. How senior managers acquire and use information in environmental scanning. Information Processing and Management, v. 30, n.5, pp. 607-618, 1993.

AUSTER, E., CHOO, C.W. CEOs, information and decision-making: scanning the environment for strategic advantage Library Trends, v.43, n.2, p.206-225, 1994.

BARBOSA, R .R. Monitoração Ambiental: uma visão interdisciplinar, Revista da Administração, v.32, n.4, p.42-53, out./dez. 1997.

BARBOSA, R.R. Inteligência Empresarial: uma avaliação de fontes de informação sobre o ambiente organizacional externo. Datagrama Zero – Revista de Ciência da Informação, Rio de Janeiro, v.3, n.6, dez. 2002.

BELKIN, N. J.; ODDY, B. N.; BROOKS, H. M. ASK – for information retrieval: background and theory. Journal of Documentation, London, v.38, n.2, p.61-71, 1982.

BROOKES, B.C. The foundations of information science: Part I: Philosophical aspects, Journal of Information Science, v.2, p.125-133, 1980.

CAPPURRO, R. Epistemologia e ciência da informação [on-line], In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 5., 2003. Anais... Belo Horizonte: UFMG, 2003. Disponível em: <http://www.capurro.de/enancib_p.htm>. Acesso em: 12 mar. 2005.

CARROLL, J. M. et al. Critical incidents and critical threads in empirical usability evaluation. In: ALTY, J.; DIAPER D.; GUEST, F. C. (Ed.), People and Computers VIII, Proceedings of the HCI'93 Conference. Cambridge: Cambridge University Press, 1993. p. 279-292.

CASTELLS, M. A. A sociedade em rede. 7. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2003.

CRONIN, B. Esquemas conceituais e estratégias para a gerência da informação Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG, Belo Horizonte, v. 19, n.2, p. 195-220, set. 1990.

DRUCKER, P. Além da revolução da informação. HSM Management, v.18, p.48-55, jan./fev.2000.

FLANAGAN, J. C. The critical incident technique. Psychology Bulletin, n.51, v.4, p.327-358, 1954.

FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO. Diagnóstico da Indústria de Software de Belo Horizonte. Centro de Desenvolvimento em Administração, Belo Horizonte, 2006, 96p. Disponível em:<http://www.fumsoft.softex.br>. Acesso em: 15 jul. 2006.

GÓMEZ, M. N. G. Para uma reflexão epistemológica acerca da Ciência da Informação. Perspectiva em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.6, n.1, p.5-18, jan./jun. 2001.

GÓMEZ, M. N. G. Dos estudos sociais da informação aos estudos do social desde o ponto de vista da Informação.. In: AQUINO, M.A (org.), O Campo da Ciência da Informação – Gênese, conexões e Especificidades. João Pessoa: Ed. Universitária, 2002. p.25-48

GÓMEZ, M. N. G. Escopo e abrangência da Ciência da Informação e a Pósgraduação na área: anotações para uma reflexão. Transinformação, Campinas, v.15, n.1, pp.31-43. jan./abr. 2003.

GUIMARÃES, Cayley. Estudo de uso de informação externa para tomada de decisão: panorama geral das empresas de informática de Belo Horizonte. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação). Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da UFMG. Belo Horizonte: UFMG, 2006. 20

HENRIQUE, L. C. J.; BARBOSA, R. R. Gestão da informação e do conhecimento organizacionais: em busca de uma heurística adaptada à cultura brasileira. Perspectiva em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.10, n.1, p.4-17, jan./jun. 2005.

HJØRLAND, B. Epistemology and the socio-cognitive perspective in information science. Journal of the American Society for Information Science and Technology, v.53, n.4, p.257-270, 2003.

HJØRLAND, B. Library and Information Science: practice, theory and philosophical basis Information Processing and Management, n.36, p.501-531, 2000.

KEEGAN, W. J. Multinational scanning: a study of the information sources utilized by headquarters executives in multinational companies. Administrative Science Quartely, v.19, n.3, pp.411-421, 1974.

LE COADIC, Y. F. Ciência da Informação: origem, evolução e relações. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.1, n.1, p.41-62, jan./jun. 1996a.

LE COADIC, Y. F. A Ciência da Informação. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 1996b.

MARTYN, J., LANCASTER, F.W. Investigative methods in library and information science: an introduction. Arlington, VA: Information Resource Press, 1981.

MIKSA, F.L. Library and Information Science: two paradigms. Conceptions of Library and Information Science, pp.229-243, Oct/1986.

MITZENBERG, H. The nature of managerial work. New York: Harper & Row, 1973.

PINHEIRO, L. V. R. Gênese da Ciência da Informação ou sinais anunciadores da nova era. In: AQUINO, M. A (org.), O Campo da Ciência da Informação – Gênese, conexões e Especificidades. João Pessoa: Ed. Universitária, 2002. p.61-86.

PORTER, M. Uma metodologia para análise da concorrência. In: _____, Estratégia Competitiva. RJ: Campus, 1986. Cap. 3, pp. 61 – 85.

SARACEVIC, Tefko et al. Consolidation information: a handbook on evolution, restructuring and repackaging of scientific and technical information. Paris: UNISIST, 1991.

SHERA, J.H.The Sociological Relationships of Information Science. Journal of the American Society for Information science. March/April, 1971.

VICKERY, B., VICKERY, A. Information science in theory and practice. London:Bowker-Saur, 1989.

WERSIG, G. Information Science: The Study of Postmodern Knowledge Usage. Information Processing & Management, v. 29, n.2, pp.229-239. 1993.


Downloads

Downloads per month over past year

Actions (login required)

View Item View Item