Repositórios de Instituições Federais de Ensino Superior e suas políticas: análise sob o aspecto das fontes informacionais

Boso, Augiza Karla Repositórios de Instituições Federais de Ensino Superior e suas políticas: análise sob o aspecto das fontes informacionais., 2011 Dissertação de mestrado thesis, Universidade Federal de Santa Catarina. [Thesis]

[img] PDF
Dissertação - Augiza Karla Boso.pdf

Download (5MB)

English abstract

The Federal Institutions of Higher Education in Brazil can give more transparency to the financial resources allocated to science development by providing various information sources in its repositories. The purpose was analyzed the policies and information sources from Institutional Repositories from the Federal Institutions of Higher Education. Also identified those federal institutions of higher education that keep institutional repositories policies, identification of typology about information sources and established policies and made it available for users. It was adopted the basic research methodology, from the point of view of its nature, and descriptive, because of its form of object study. The descriptive research was developed as documentary research supported on the bibliographical research to contextualizing the matter, getting qualitative character. The research‟s universe was formed by the 97 Federal Institutions of Higher Education in Brazil, knowing that the scientific research, that was performed in these institutions, aim for the constant improvement of the products and services to the internal and external users. These institutions, 57 are federal universities, 38 are federal institutes and 02 are federal centers of technical education. The population of survey is formed for 23 institutions that keep repositories and the sample is formed for 07 institutions that keep repositories with instituted policies made available for users. It was concluded that the Institutional Repositories present information primary and secondary sources. The repositories that have only primary sources are 71,42%; 28,58% of the IRs, besides of presenting primary sources, presents secondary sources as well. It was not observed tertiary sources. The information sources considered relevant by FIHE to fill up of repositories were: thesis and dissertation; journal‟s articles; papers presented at events; final project in graduation; photographic collection; final project in postgraduation; documents (minutes); books; books chapters, and basics references for newspapers news. The study allowed the federal institutions of higher education knew the information sources used in its repositories, because the policies made the organization and the dissemination easy, that brings benefits to the scientific and institutional community and to the society in general, including the Information Science area.

Portuguese abstract

As instituições federais de ensino superior no Brasil podem dar maior transparência aos recursos financeiros alocados para o desenvolvimento da ciência ao disponibilizar diversas fontes de informação nos seus repositórios. O objetivo geral visa analisar as políticas dos repositórios institucionais e quais fontes de informação são consideradas relevantes pelas Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) no Brasil no povoamento de repositórios institucionais. Como objetivos específicos têm-se: identificar as instituições que mantêm repositórios e as que possuem políticas instituídas e disponibilizadas aos usuários e especificar a tipologia das fontes de informação recomendadas pelas políticas e/ou disponibilizadas nesses repositórios. A metodologia adotada foi de pesquisa básica, do ponto de vista de sua natureza; e descritiva, pela forma de estudo do objeto. A pesquisa descritiva desenvolveu-se em forma de pesquisa documental apoiada na pesquisa bibliográfica para contextualizar o tema, tendo cunho qualitativo. O universo da pesquisa constitui-se das 97 IFES existentes no Brasil, tendo em vista que as pesquisas científicas realizadas nessas instituições visam à contínua melhoria dos produtos e serviços para a sociedade. Dessas IFES, 57 são universidades federais, 38 são institutos federais e 2 são centros federais de educação tecnológica. A população constituiu-se das 23 IFES que mantêm repositórios, e a amostra, das 7 instituições que mantêm repositórios com políticas instituídas e disponibilizadas aos seus usuários. Entre as conclusões a que se chegou, pode-se destacar que os RIs apresentam fontes primárias e secundárias de informação. Os repositórios que possuem somente fontes primárias equivalem a 71,42% do total; 28,58% dos RIs, além de apresentarem fontes primárias, apresentaram também fontes secundárias; não foram observadas fontes terciárias. As fontes de informação consideradas relevantes pelas IFES para o povoamento de repositórios foram: teses e dissertações; artigos de periódicos; trabalhos apresentados em eventos; trabalhos de conclusão de curso de graduação; acervo fotográfico; trabalho de conclusão de curso de especialização; documentos (atas); livros e capítulos de livros e referências básicas para matérias de jornais. O estudo permitiu que as instituições federais de ensino superior conhecessem as fontes de informação utilizadas em seus repositórios, pois as políticas facilitam a organização e a disseminação da informação, o que traz benefícios tanto para a comunidade científica e institucional quanto para a sociedade de um modo geral, inclusive para a área de Ciência da Informação.

Item type: Thesis (UNSPECIFIED)
Keywords: Fontes de Informação. repositórios institucionais. Políticas de repositórios.
Subjects: H. Information sources, supports, channels. > HS. Repositories.
Depositing user: Augiza Boso
Date deposited: 26 Sep 2011
Last modified: 02 Oct 2014 12:20
URI: http://hdl.handle.net/10760/16156

References

Fontes de informação. Repositórios institucionais. Políticas de repositórios.


Downloads

Downloads per month over past year

Actions (login required)

View Item View Item