O conceito globalização nos planos de estudos avançados de Ciência da Informação em Portugal e em Espanha

Freitas, M. Cristina V. de and Simões, Maria da Graça and Garcia-Lopez, Genaro-Luis O conceito globalização nos planos de estudos avançados de Ciência da Informação em Portugal e em Espanha., 2013 . In VI Encontro Ibérico EDICIC, Porto (Portugal), 4-6 November 2013. [Conference paper]

[img]
Preview
Text
PORTUGAL_O conceito globalização nos planos de estudos avançados de Ciência da Informação em Portugal e em Espanha.pdf - Submitted version
Available under License Creative Commons Attribution Non-commercial.

Download (1MB) | Preview

English abstract

This study aims at identifying the globalization concept in the Advanced Studies in Information Science Higher Education study plans, in Portugal and Spain. The specific goals are: a) to identify and select the conceptual lines which validate this concept, b) to check its incidence in the studies’ plans considered, c) to assess if, and how, this topic contributes to the conceptual context and supports the curriculum courses in the studies cycles outlined. The methodology is supported by a qualitative design which will happen in the following steps: a) literature research, performed in specialized dictionaries and in works of relevant authors in the field, b) documents research, conducted with the identification and the on-line selection of courses and study plans in the Masters and PhD programs, c) comprehensive comparative analysis, accomplished with the description, interpretation and contrast of the data collected. Based on the results, two key ideas are demonstrated: a) the emergence of two general conceptual lines, in the study plans of the programs of the countries considered, being these: Information in connection with: ethics, law, literacy and society, and sociology in relation to education, information and communication; b) assuming a mostly indirect relationship, with respect to the emerging conceptual lines and the representation of the globalization concept in the syllabus of the Master and PhD programs considered. Given the above, it is recommended that the study plans for the Advanced Studies’ Courses in Information Science consider a direct and explicit number of contents related to the topic of Globalization, as well as the connected concepts, in order to satisfactorily complement a nucleus of knowledge, thus allowing for the student / researcher the contact with the appropriate theoretical referential for a critical and reflexive approach the context of the object of study.

Portuguese abstract

Este estudo tem como objetivo geral identificar o conceito globalização nos planos de Estudos Avançados de Ciência da Informação do Ensino Superior público, em Portugal e em Espanha. São seus objetivos específicos: a) identificar e selecionar linhas concetuais que formalizem este conceito; b) verificar a sua ocorrência nos planos de estudos considerados; c) aferir se, e como, este tema participa na contextualização e na sustentação concetual das disciplinas curriculares dos ciclos de estudo observados. A metodologia sustenta-se num desenho qualitativo e se processa nas seguintes fases: a) pesquisa bibliográfica, realizada em dicionários especializados e em obras de autores/as relevantes no domínio; b) pesquisa documental, realizada com a identificação e a seleção online de cursos e de planos de estudos de mestrado e de doutoramento; c) análise comparativa abrangente, realizada com a descrição, a interpretação e o contraste dos dados recolhidos. Os resultados evidenciam duas ideias-chave: a) a constatação de duas linhas concetuais gerais, nos programas dos planos de estudos dos países considerados, sendo estas: informação, relacionada com ética, direito, literacia e sociedade; sociologia, relacionada com educação, informação e comunicação; b) a inferência de uma relação maioritariamente indireta, no que respeita às linhas concetuais constatadas e à representação do conceito globalização nos conteúdos programáticos dos Cursos de Mestrado e Doutoramento observados. Face ao exposto, recomenda-se que os planos dos Cursos de Estudos Avançados de Ciência da Informação contemplem um número direto e explícito de conteúdos relativos ao tema Globalização, bem como aos conceitos associados, visando a complementar satisfatoriamente os conhecimentos nucleares e permitir ao aluno / investigador contactar com referenciais teóricos apropria- dos para abordar, crítica e reflexivamente, o contexto do seu objeto de estudo.

Item type: Conference paper
Keywords: Globalization; Study plans; Portuguese higher education; Spanish higher education; Advanced studies; Globalização; Planos de estudos; Ensino superior português; Ensino superior espanhol; Estudos avançados
Subjects: A. Theoretical and general aspects of libraries and information.
B. Information use and sociology of information
Depositing user: Carla Ferreira
Date deposited: 08 Apr 2014 06:16
Last modified: 02 Oct 2014 12:31
URI: http://hdl.handle.net/10760/22845

References

"SEEK" links will first look for possible matches inside E-LIS and query Google Scholar if no results are found.

Academia das Ciências de Lisboa. (2001). Dicionário da língua portuguesa contemporânea. Lisboa: Editorial Verbo.

Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior – A3ES. (2013). Acreditação e auditoria: ciclos de estudos em funcionamento. Disponível em: http://www.a3es.pt/pt/acreditacao-e- auditoria/resultados-dos-processos-de-acreditacao/ciclos-de-estudos-em-funcionamento/ ensino-universitario/publico

Associação dos Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas – BAD. (2012). Formação disponível em Portugal. Disponível em: http://www.apbad.pt/Formacao/formacao_cdisp.htm.

Costa, A., & Melo, A. S. (1975). Dicionário da língua portuguesa. Porto: Porto Editora.

Espanha. Agencia Nacional de Evaluación de la Calidad y Acreditación – ANECA. (2013). ¿Qué estudiar y dónde?. Disponível em: http://srv.aneca.es/ListadoTitulos/.

Espanha. Ministerio de Educación, Cultura y Deporte – MECD. (2013). Oferta de titulaciones. Disponível em: https://www.educacion.gob.es/notasdecorte/jsp/mapaDo.do?organismo=T&nomE- legido=Todas&centro=T&nomElegidoCentro=Todos&codVinculacion=T&codCalificacion=T&c odTipoCentro=T&tipoEstudio=T&codTipoUniv=T&codAut=00&codProv=00&ambitoAut=Tod as&ambitoProv=Todas#MK_centro.

European Council of Information Associations – ECIA. (2005). Euro-referencial I-D. (Leonor Gaspar Pinto, trad.). Lisboa: INCITE.

Ferreira, A. B. de H. (2004). Novo dicionário Aurélio da língua portuguesa. 3a ed. Curitiba: Editora Positivo.

Gazeneuve, J., & Victoroff, D. (dir.). (1982). Dicionário de Sociologia. Lisboa: Verbo.

Giddens, A. (2005). As conseqüências da modernidade. (F. L. Machado, & M. M Rocha, trad.). 4a ed. Oeiras: Celta Editora.

Giddens, A. (2009). Sociologia. (A. Figueiredo, A. P. D. Baltazar, C. L. da Silva, P. Matos, & V. Gil, trad.). 7a ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.

Houaiss, A., & Villar, M. de S. (2003). Dicionário Houaiss da língua portuguesa. Lisboa: Círculo de Leitores.

Marshall, G. (ed.) (1994). The concise Oxford dictionary of Sociology. Oxford: University Press.

Ortiz, R. (2007). Mundialização e cultura. 2a ed. São Paulo: Brasiliense.

Paiva, R. (1998).O espírito comum: comunidade, mídia e globalismo. Petrópolis: Vozes.

Portugal. Direção Geral do Ensino Superior – DGES. (2013). Oferta formativa: ciclos autorizados. Dis- ponível em:

http://www.dges.mctes.pt/DGES/pt/OfertaFormativa/CursosConferentesDeGrau/.

Robertson, R. (1992). Globalization: social theory and global culture. London: Sage.

Rodrigues, A. M. da S., & Oliveira, C. M. V. C., &Freitas, M. C. V. de. (2001). Globalização, cultura e sociedade da informação. Perspectivas em Ciência da Informação, 6 (1), 97-105. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/439/249.

Santos, B. de S. (2012). Globalização. In Centro de Estudos Sociais – CES (ed.). Dicionário das crises e das alternativas. Coimbra: Almedina; CES.

Santos, B. de S. (ed.) (2001). Globalização: fatalidade ou utopia? Porto: Edições Afrontamento. Santos, M. (2000). Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. Rio

de Janeiro: Record.

Sassen, S. (1998). Globalization and its discontents. New York: New Press.

Sassen, S. (2007). A sociology of globalization. New York: W. W. Norton & Company.

Silbey, S. (2006). Globalization. In Bryan S. Turner (ed.). The Cambridge Dictionary of Sociology. Cambridge: University Press.

Simpson, J. A., & Weiner, E. S. C. (ed.) (1994).Oxford dictionary of Sociology. Oxford: Clarendon Press. Sociedad Española de Documentación e Información Científica – SEDIC. (2013). Nuestra profesión:

donde estudiar Documentación e Información. Disponível em:

http://www.sedic.es/ss_dondeestudiar.asp.

Steger, M. B. (2003). A globalização: compreender. Vila Nova de Famalicão: Quasi Edições. Steger, M. B. (2009). Globalization: a brief insight. New York: Sterling Publishing Co.

Waters, M. (2001).Globalization. (2nded.). New York: Routledge.


Downloads

Downloads per month over past year

Actions (login required)

View Item View Item