O sistemismo de Bunge como base teórico-metodológica para pesquisa em Ciência da Informação

Silva, Luciana M. and Vianna, William B. and Kern, Vinícius M O sistemismo de Bunge como base teórico-metodológica para pesquisa em Ciência da Informação. Em Questão, 2016, vol. 22, n. 2, pp. 140-164. [Journal article (Paginated)]

[img] Text (Paper as published.)
58347-263188-3-PB.pdf - Published version

Download (508kB)

English abstract

This paper aims at bringing Mario Bunge's theoretical contributions to the scientific enterprise into the realm of Information Science. The study is justified by the area's interdisciplinary nature and its constant need for interaction with other knowledge areas. It is a theoretical essay based on the analysis of information science concepts and on Bunge's systemism. We further extend the study with the application of fundamentals of systemism in two related studies, one descriptive, other explanatory, on institutional repositories, thus exemplifying research conduction under the fundamental epistemic operation in systemism: the reduction to the system.

Portuguese abstract

O objetivo do estudo é aprofundar aspectos epistemológicos da Ciência da Informação (CI) a partir das contribuições do pensamento de Bunge. Justifica-se pela natureza interdisciplinar da CI e sua constante necessidade de interação com outras áreas de conhecimento. Trata-se de um ensaio teórico a partir da análise de conceitos da área de CI e a proposta sistemista de Bunge. O estudo é complementado com a aplicação dos fundamentos do sistemismo em pesquisas sistemistas, uma descritiva e outra explicativa, sobre repositórios institucionais de acesso aberto, exemplificando a condução de pesquisa sob a operação epistêmica fundamental do sistemismo: a redução ao sistema.

Item type: Journal article (Paginated)
Keywords: Systemism. Mario Bunge. Scientific realism. Epistemology. Research methodology.
Subjects: A. Theoretical and general aspects of libraries and information.
A. Theoretical and general aspects of libraries and information. > AZ. None of these, but in this section.
Depositing user: Dr. Vinícius M. Kern
Date deposited: 23 Nov 2016 13:48
Last modified: 23 Nov 2016 13:48
URI: http://hdl.handle.net/10760/30327

References

"SEEK" links will first look for possible matches inside E-LIS and query Google Scholar if no results are found.

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda; MARTINS, Maria Helena Pires. Temas de filosofia. 2. ed. São Paulo: Moderna, 1999.

ARAÚJO, Carlos Alberto Ávila. Correntes teóricas da ciência da informação. Ciência da Informação, Brasília, v. 38, n. 3, p. 192-204, dez. 2009.

ARLITSCH, Kenning; O'BRIEN, Patrick S. Invisible institutional repositories: addressing the low indexing ratios of IRs in Google Scholar. Library Hi Tech, [S.l.] v. 30, n. 1, p. 60-81, 2012.

BORKO, H. Information science: what is it? American Documentation, Washington, v. 19, n. 1, p. 3-5, Jan. 1968.

BUNGE, Mario. A systemic perspective on crime. In: WIKSTRÖM, Per-Olof H.; SAMPSON, Robert J. (Ed.). The explanation of crime: context, mechanisms and development. Cambridge: Cambridge University, 2006. p. 8-30.

BUNGE, Mario. Diccionario de filosofía. 3. ed. Buenos Aires: Siglo XXI, 2005.

BUNGE, Mario. Emergence and convergence: qualitative novelty and the unity of knowledge. Toronto: University of Toronto, 2003.

BUNGE, Mario. Filosofia para médicos. Barcelona: Gedisa, 2012.

BUNGE, Mario. How does it work? The search for explanatory mechanisms. Philosophy of the Social Sciences, Waterloo, v. 34, n. 2, p. 182-210, June 2004.

BUNGE, Mario. La ciencia: su método y su filosofía. Buenos Aires: Siglo Veinte, 1972.

BUNGE, Mario. Las pseudociencias ¡Vaya timo! Pamplona: Laetoli, 2014.

BUNGE, Mario. Mechanism and explanation. Philosophy of the Social Sciences, Waterloo, v. 27, n. 4, p. 410-465, Dec. 1997.

BUNGE, Mario. Racionalidad y realismo. Madrid: Alianza, 1985.

BUNGE, Mario. Systemism: the alternative to individualism and holism. Journal of Socio-Economics, [Beer Sheva], v. 29, n. 2, p. 147-157, 2000.

BUNGE, Mario. Treatise on basic philosophy. Dordrecht: D. Reidel, 1979. (Ontology II: a world of systems, v. 4).

BUNGE, Mario. Treatise on basic philosophy. Dordrecht: Kluwer, 1989. (Ethics: the good and the right, v. 8).

BUNGE, Mario. Wand and Weber on information systems. In: WEINGARTNER, Paul; DORN, Georg J. W. (Ed.). Studies on Mario Bunge's treatise. Amsterdam: Rodopi, 1990. p. 593-595.

BUSH, Vannevar. As we may think. The Atlantic Monthly, Boston, v. 176, n. 1, p. 101-108, 1945.

CAPURRO, Rafael. Epistemologia e ciência da informação. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 5., 2003, Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: ANCIB, 2003. p. 1-28.

CHINAZZO, Suzana Salete Raymundo. Epistemologia das ciências sociais. Curitiba: Intersaberes, 2013.

CRESWELL, John W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto, 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2007.

CUPANI, Alberto Osmar; PIETROCOLA, Maurício. A relevância da epistemologia de Mario Bunge para o ensino de ciências. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, Florianópolis, v. 19, n. esp., p. 100-125, jun. 2002.

FROHMANN, Bernd. O caráter social, material e público da informação. In: FUJITA, Mariangela Spotti Lopes; MARTELETO, Regina Maria; LARA, Marilda Lopes Ginez de (Org.). A dimensão epistemológica da ciência da informação e suas interfaces técnicas, políticas e institucionais nos processos de produção, acesso e disseminação da informação. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2008. p. 19-34.

GRANT, Maria J.; BOOTH, Andrew. A typology of reviews: an analysis of 14 review types and associated methodologies. Health Information and Libraries Journal, Oxford, v. 26, n. 2, p. 91-108, June 2009. Disponível em <http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19490148>. Acesso em: 03 nov. 2015.

HJØRLAND, Birger. Information science and its core concepts: levels of disagreement. In: IBEKWE-SANJUAN, Fidelia; DOUSA, Thomas M. (Ed.). Theories of information, communication and knowledge: a multidisciplinary approach. London: Springer, 2014. chap. 9, p. 205-235. (Studies in History and Philosophy of Science, v. 34).

HJØRLAND, Birger; ALBRECHTSEN, Hanne. Toward a new horizon in information science: domain-analysis. Journal of the American Society for Information Science, New York, v. 46, n. 6, p. 400-425, July 1995.

KERN, Vinícius Medina. O sistemismo de Bunge: fundamentos, abordagem metodológica e aplicação a sistemas de informação. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 12., 2011, Brasília. Anais... Brasília: Thesaurus, 2011. p. 2693-2709.

LE COADIC, Yves-François. A ciência da informação. Brasília: Briquet de Lemos, 1996.

LIMA, José Leonardo Oliveira; ALVARES, Lilian. Organização e representação da informação e do conhecimento. In: ALVARES, Lilian (Org.). Organização da informação e do conhecimento: conceitos, subsídios interdisciplinares e aplicações. Jandira: B4, 2012. p. 21-47.

PINHEIRO, Lena Vania Ribeiro. Campo interdisciplinar da ciência da informação: fronteiras remotas e recentes. Investigación Bibliotecológica, [S.l.], v. 12, n. 25, p. 132-163, 1998.

PINHEIRO, Lena Vania Ribeiro. Evolução e tendências da ciência da informação, no exterior e Brasil: quadro comparativo a partir de pesquisas históricas e empíricas. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 6., 2005, Florianópolis. Anais... Florianópolis: UFSC, 2005. 1 CD-ROM.

RABELLO, Rodrigo. A ciência da informação como objeto: epistemologias como lugares de encontro. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 17, n. 1, p. 2- 36, jan./mar. 2012.

RENDÓN ROJAS, Miguel Angel. Relación entre los conceptos: información, conocimiento y valor: semejanzas y diferencias. Ciência da Informação, Brasília, v. 34, n. 2, p. 52-61, maio/ago. 2005.

RUYER, Raymond. La cybernétique et l'origine de l'information. Paris: Flammarion, 1954.

SALDANHA, Gustavo Silva. Thomas Kuhn na epistemologia da ciência da informação: uma reflexão crítica. Informação & Informação, Londrina, v. 13, n. 2, p. 54-78, jul./dez., 2008. Disponível em <http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/1814>. Acesso em: 09 abr. 2015.

SARACEVIC, Tefko. Ciência da informação: origem, evolução e relações. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 1, n. 1, p. 41-62, jan./jun. 1996.

SHERA, J. H.; CLEVELAND, D. B. History and foundations of information science. Annual Review of Information Science and Technology, White Plains, v. 12, p. 249-275, 1977.

SILVA, Ana Claudia Perpétuo de Oliveira da et al. Estudos e ações em informação e educação - 2013. Encontros Bibli, Florianópolis, v. 19, n. 39, p. 269-300, 2014.

SILVA, Jonathas Luiz Carvalho. Múltiplas interlocuções da informação no campo da ciência da informação no âmbito dos fundamentos técnicopragmáticos, humanos e científicos. 2014. 491 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2014.

SILVA, Luciana Mara. Repositório institucional como sistema técnico-social: composição, ambiente e estrutura. 2014. 149 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2014. Disponível em: <http://tede.ufsc.br/teses/PCIN0100-D.pdf>. Acesso em: 05 ago.

2015.

SILVA TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

WESTPHAL, Murilo; PINHEIRO, Thais Cristine. A epistemologia de Mario Bunge e sua contribuição para o ensino das ciências. Ciência & Educação, São Paulo, v. 10, n. 3, p. 585-596, 2004.

ZIMAN, John. Real science: what it is and what it means. Cambridge: Cambridge University, 2000.


Downloads

Downloads per month over past year

Actions (login required)

View Item View Item