Imagens e sensações: o acesso à informação em acervos fotográficos

Saraiva, Natália de Lima and Pereira, Tânia Maria de Moura and Lopez, André Porto Ancona Imagens e sensações: o acesso à informação em acervos fotográficos. Revista Interamericana de Bibliotecología, 2017, vol. 40, n. 3, pp. 261-271. [Journal article (Paginated)]

[img]
Preview
Text
25490-131441-3-PB.pdf - Published version
Available under License Creative Commons Attribution Non-commercial.

Download (1MB) | Preview

English abstract

This article aims to discuss the way access to information is setup actively using images and photographs found in institutional repertoires. We consider that the sensations and concepts arising from the images and the photographic documents are contradictory, and they vary according to people’s life experience and that of societies. In addition, we understand that the right to access information is linked to citizens' rights in matters concerning a right to culture, memory and individual guarantees, and even in citizen-state relations. This reflection seeks to analyze some strategies to access information in photographic repertoires using images and photographs as a dissemination resource, from a perspective of understanding how marketing in archives can make this access possible. We use an exploratory study methodology in two institutions' portals that have photographic repertoires to identify systematization standards, transparency and dissemination of the information. The findings obtained are related to improving the dissemination and assessment of archives while approaching repertoires along with society. This also involves an expansion of citizens' access to information on the materialization of individual rights and guarantees, shielded by a society-state relation.

Portuguese abstract

O artigo pretende discutir como se configura o acesso à informação, de modo ativo, utilizando imagens e fotografias existentes em acervos institucionais. Consideramos que as sensações e conceitos emanados das imagens e dos documentos fotográficos são contraditórios e variam de acordo com a experiência de vida das pessoas e sociedades. Também entendemos que o direito ao acesso à informação está atrelado aos direitos de cidadania, no que se refere ao direito à cultura, à memória e as garantias individuais e, ainda no relacionamento dos cidadãos com o Estado. Essa reflexão visa analisar algumas estratégias de acesso à informação em acervos fotográficos, por meio das imagens e fotografias como recurso de difusão, e na perspectiva de entender como o marketing nos arquivos pode possibilitar esse acesso. Utilizamos a metodologia de estudo exploratório em portais de acervos fotográficos de duas instituições, de modo a identificar padrões de sistematização, transparência e difusão da informação. Os resultados obtidos estão relacionados à melhoria da divulgação e valorização dos arquivos, na aproximação dos acervos com a sociedade, o que implica também na ampliação do acesso à informação ao cidadão e na concretização dos direitos e garantias individuais resguardados pelo relacionamento com a sociedade e com o Estado.

Spanish abstract

el artículo pretende discutir cómo se configura el acceso a la información, de modo activo, utilizando imágenes y fotografías existentes en acervos institucionales. Consideramos que las sensaciones y los conceptos emanados de las imágenes y de los documentos fotográficos son contradictorios y varían de acuerdo a la experiencia de vida de las personas y las sociedades. También entendemos que el derecho al acceso a la información está vinculado a los derechos de ciudadanía, en lo que se refiere al derecho a la cultura, a la memoria y las garantías individuales, y aun en el relacionamiento de los ciudadanos con el Estado. Esa reflexión busca analizar algunas estrategias de acceso a la información en acervos fotográficos, por medio de las imágenes y fotografías como recurso de difusión, y en la perspectiva de entender cómo el marketing en los archivos puede posibilitar ese acceso. Utilizamos la metodología del estudio exploratorio en portales acervos fotográficos de dos instituciones, para identificar padrones de sistematización, transparencia y difusión de la información. Los resultados obtenidos están relacionados al mejoramiento de la divulgación y valorización de los archivos en la aproximación de los acervos con la sociedad, lo que implica también la ampliación del acceso a la información al ciudadano y la concretización de los derechos y garantías individuales, resguardados por el relacionamiento con la sociedad y con el Estado.

Item type: Journal article (Paginated)
Keywords: Acesso à informação, acervo fotográfico, difusão de acervos, marketing em arquivos, Arquivo Nacional (Brasil), Instituto Moreira Salles; Access to information, photographic repertoires, dissemination repertoires, marketing in archives at Archivo Nacional (Brazil). Instituto Moreira Salles; acceso a la información, acervo fotográfico, difusión de acervos, marketing en archivos Archivo Nacional (Brasil). Instituto Moreira Salles.
Subjects: D. Libraries as physical collections. > DL. Archives.
H. Information sources, supports, channels.
H. Information sources, supports, channels. > HC. Archival materials.
H. Information sources, supports, channels. > HH. Audio-visual, Multimedia.
J. Technical services in libraries, archives, museum. > JH. Digital preservation.
Depositing user: Luis Carlos Toro Tamayo
Date deposited: 11 Oct 2017 04:22
Last modified: 11 Oct 2017 04:22
URI: http://hdl.handle.net/10760/31811

References

Amaral, S. (2004). Marketing da informação na Internet: ações de promoção. Campo Grande: UNIDERP.

Amaral, S. (2008). Marketing da informação: entre a promoção e a comunicação integrada de marketing. Informação & Sociedade (18)1, 31-44. Disponível em http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/1636/1637

Bellotto, H. (2005). Arquivos permanentes: tratamento documental. 3ª ed. Rio de Janeiro: FGV.

Blaya Pérez, C. (2005). Difusão dos arquivos fotográficos. Caderno de Arquivologia, (2), 7-23.

Brasil. (1991, janeiro, 09). Lei n. 8.159, de 8 de janeiro de 1991. Dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos e privados e dá outras providências. Diário Oficial da União (129)6, 455456. Disponível em http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=09/01/1991&jornal=1&pagina=3&totalArquivos=140

Brasil. (2003, dezembro, 15) Decreto n. 4.915, de 12 de dezembro de 2003. Dispõe sobre o Sistema de Gestão de Documentos de Arquivo – SIGA, da administração pública federal, e dá outras providências. Diário Oficial da União (140)243, 2-3. Disponível em http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=15/12/2003&jornal=1&pagina=2&total Arquivos=140

Brasil (2011, novembro, 18). Lei n.12.527, de 18 de novembro de 2011. Regula o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. 5o, no inciso II do § 3o do art. 37 e no § 2o do art. 216 da Constituição Federal; altera a Lei no 8.112, de 11 de dezembro de 1990; revoga a Lei no 11.111, de 5 de maio de 2005, e dispositivos da Lei no 8.159, de 8 de janeiro de 1991; e dá outras providências. Diário Oficial da União; 221A, 14. Disponível em http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=18/11/2011&jornal=1000&pagina=1&total Arquivos=12

CONARQ. (2006). NOBRADE: Norma brasileira de descrição arquivística. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional. Disponível em http://www.conarq.arquivonacional.gov.br/images/publicacoes_textos/nobrade.pdf

CONARQ. (2014). Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos. Glossário: documentos arquivísticos digitais. 6ª versão. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional. Disponível em http://www.conarq.gov.br/images/ctde/Glossario/2014ctdeglossario_v6_public.pdf

Gombrich, E, (1995). Historia del arte. Barcelona: Garriga.

Japiassu, H. & Marcondes, D. (2008). Dicionário básico de filosofia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Lima, M. (2014). O estatuto teórico epistemológico do direito à informação no contemporâneo: das dimensões aos limites. Tendências da Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação 7(1). Disponível em http://inseer.ibict.br/ancib/index.php/tpbci/article/view/140/181

Lopez, A. (1999). Documentos imagéticos de arquivo: uma tentativa de utilização de alguns conceitos de Panofsky. Sinopses, (31), 49-55.

Lopez, A. (2005). Utilização de documentos imagéticos na pesquisa em História. Em A. Morelli (Ed.). Introdução ao estudo da História (pp. 71-78). Maringá: EDUEM.

Lopez (2017, prelo). O acesso à informação e a formação de especialistas na América Latina: a necessidade de integração desde, e para, o Sul. ResPublica, Revista Lusófona de Ciência Política e Relações Internacionais.

Lopez, A. & Madio, T. (2014). Colecciones y fondos fotográficos de Brasil: un pequeño mosaico. Em M. Olivera Zaldua & A. Salvador Benítez (Eds.), Del Artefacto Mágico al Píxel: estudios de Fotografía (pp. 39- 54). Madrid: FADOC-UCM, 39-54. Disponível em https://goo.gl/EIgSwT

Ludke, M. (1986). Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo, EPU.

Rousseau, J-Y & Couture, C. (1998). Os fundamentos da disciplina Arquivística. Lisboa: Dom Quixote.

Silva, S. (2016). Fotografia, representação e cultura visual sobre a América Latina: Sebastião Salgado, Pierre Verger, Cartier-Bresson e Manuel Álvarez Bravo. Revista Photo & Documento (2). Disponível em http://gpaf.info/photoarch/index.php?journal==phd&page=article&op=view&path%5B%5D=34&path%5B%5D=77

Strauss, A. (1987). Qualitative Analysis for Social Scientist. Cambridge: Cambridge University Press.


Downloads

Downloads per month over past year

Actions (login required)

View Item View Item